Nesta entrevista, nós batemos um papo com o escultor digital, concept artist e um dos principais nomes da impressão 3D no Brasil, Marcelo Pasqua. Nós falamos um pouco sobre o inicio da sua carreira na Casablanca Animation, e dos seus principais projetos durante os seus mais de 10 anos de experiência. Também falamos do seu trabalho mais recente, que foi feito pro pessoal da Riot Games na final do CBLoL(Circuito Brasileiro de League of Legends) em julho deste ano.

Confira a entrevista e conheça um pouco mais sobre esse admirável artista.

Entrevista com Marcelo Pasqua

“Não achava que aprender a fazer um desenho “clássico” de modelo vivo pudesse ajudar tanto na hora de esculpir um capacete futurista.”

CaféCG: Olá Marcelo, primeiramente gostaríamos agradecer você por aceitar o nosso convite e nos conceder esta entrevista. Bom, antes de tudo fale um pouco sobre você, quem é o “Marcelo Pasqua”.

Marcelo: Olá pessoal, eu que agradeço essa oportunidade de falar sobre meu trabalho, tudo começou em 2006 quando entrei na Casablanca Animation como estagiário e possível substituto do Alex Oliver, isso mesmo p*** responsabilidade, fui inspirado por ele a sempre buscar as raízes dos conhecimentos, ou seja não adianta querer desenhar um braço sem conhecer como são os ligamentos e quais músculos passam por ali. Depois de 2-3 anos foi então que vendi meu carro e fui para Firenze, Itália. Onde passei quase 2 anos estudando arte clássica, isso arte clássica, ai me perguntam o que isso tem a ver com Escultura Digital? E eu respondo tudo 🙂 Aprendi muito sobre anatomia e treinei muito meu olho, não achava que aprender a fazer um desenho “clássico” de modelo vivo pudesse ajudar tanto na hora de esculpir um capacete futurista.

CCG: Ainda falando um pouco da sua vida profissional, quais outros empregos você já teve antes de ingressar no ramo de computação gráfica e como você acabou entrando nesse mundo da escultura 3D.

Marcelo: Voltando da Itália abri meu estúdio chamado gou/Factory, prestava serviços de concept art e modelagem 3D para grandes produtoras, alguns anos se passaram e comprei minha primeira impressora 3D, pensando em estudar e quem sabe trabalhar com isso. Hoje fechei o antigo estúdio e abri a Tridi e a La Matta.  Tridi é focada em consultoria para impressão 3D, descobrimos que o mercado ainda não sabe como lidar com impressão 3D, não entende muito as finalidades acessíveis hoje. E a La Matta Art  é uma extensão do meu trabalho de direção de arte, pintura e escultura 3D.

IMG_8372Projeto Armaduras #CBLOL: Entrevista com Marcelo Pasqua | CaféCG

CCG: Conte-nos quais foram seus maiores projetos durante toda sua carreira na área de computação gráfica e qual foi aquele trabalho que te marcou.

Marcelo: Com certeza esses últimos trabalhos feitos para a Riot, primeiro ano passado fui convidado para criar uma maquete de uma torre que seria esculpida a mão com 9 metros de altura, até então “Simples”, porém em uma reunião dei a ideia para o pessoal da Riot, já que eu re-criaria o modelo 3D do game com mais resolução porque não usar o arquivo 3D para enviar informação para uma maquina escultura (CNC ou Router), e reproduzir os arquivos em isopor de alta densidade. Exatamente o que foi feito, porém tive que dividir o modelo de 9 metros em 200 kits de 2 metros por 25 cm de altura, então você imagina pegar todo aquela escultura e planejar como isso seria criado pela máquina. Tive a oportunidade de fazer a supervisão do acabamento e pintura feitos pela Mchecon. Foi insano mas com certeza tinha sido o maior projeto que me envolvi até esse ano que fui convidado novamente para outra aventura.

Projeto Armaduras #CBLOL: Entrevista com Marcelo Pasqua | CaféCG

CCG: Agora falando do seu projeto mais recente, como foi participar do desenvolvimento das armaduras utilizadas na apresentação do CBLoL, qual área você atuou e como foi todo o processo de produção?

Marcelo: Primeiro de tudo foi um prazer conhecer o Silvio Galvão, responsável por criar cenários incríveis para o Castelo Rá-tim-bum e que estava liderando o projeto. Entrei primeiramente para criar maquetes na escala de 1/10 (aprox. 17 cm), o processo inicial foi pegar os arquivos low-poly do game e detalhar usando as artes feitas pelos ilustradores da Riot, claro que existiu uma liberdade de criação/interpretação ali, pois tinham alguma lacunas na transformação e adaptação da armadura do game em cima do scanner dos coreógrafos. Feitas as 3 maquetes foi quando em reuniões de produção decidimos imprimir todos os capacetes, braceletes, botas e mãos. Além da modelagem das armas que foram cortadas por outra empresa usando a mesma tecnologia da torre de 9 metros (CNC/ROUTER).

Foi ai que tudo começou mesmo, tive que montar uma equipe com profissionais, produtor, ajudante, motorista e modeladores para darmos conta de tudo, eu precisava das geometrias com mais detalhes para poder adaptar e modificar de forma que isso fosse possível de ser impresso em menos de 1 mês. Praticamente, usando a maquete como base, era preciso fazer a retopologia para refinar os detalhes e poder modificar pequenas coisas com mais facilidade, depois esse arquivo era processado pelo programa que gera o código para a impressora funcionar (G-Code), a principio demorava cerca de 30 minutos por peça só para gerar esse código, ainda bem que as coisas mudaram 🙂

Após esse código pronto era transferido para um cartão SD e plugado na impressora, foram feitas aproximadamente 30 peças e gastos +- 20 kilos de plástico, tirando os erros e peças jogadas fora. Com as peças impressão era hora de leva-lás para o Silvio e deixar ele dar o toque final, como acabamento, pintura e instalação das luzes YEAHHH!!


Projeto Armaduras #CBLOL: Entrevista com Marcelo Pasqua | CaféCG

CCG: Você já havia realizado um trabalho com tanta visibilidade quanto esse? Qual foi a sensação ao ver o seu trabalho sendo usado em um evento tao grande e dessa magnitude que é o CBLoL?

Marcelo: Desse tamanho, nunca!! O mais legal de tudo é que eu não tinha certeza se ia dar certo, porque só nos videos da Legacy Effects que vi coisas sendo impressas e depois passando no cinema, foi incrível ver aquilo!

CCG: Você utilizou impressoras 3D para realizar a produção das partes da armadura. Qual o tempo médio de impressão de uma peça em uma impressora dessas?

Marcelo: Foram utilizadas as impressoras da Sethi3D, um kit ótimo de prototipagem feitos em Campinas. Cada arquivo demorava uma média de 10 a 20 horas para serem impressos.

Projeto Armaduras #CBLOL: Entrevista com Marcelo Pasqua | CaféCGProjeto Armaduras #CBLOL: Entrevista com Marcelo Pasqua | CaféCG Projeto Armaduras #CBLOL: Entrevista com Marcelo Pasqua | CaféCG Projeto Armaduras #CBLOL: Entrevista com Marcelo Pasqua | CaféCG

CCG: Você gostaria de deixar uma mensagem para o nosso público?

Marcelo: Acho que muito do que eu tenho feito é porque acreditei um dia, e me lembro de um pouco de falta de foco quando comecei a mexer na impressora 3D, mas nunca parei de acreditar e foi com certeza eu criei essas oportunidades, então tenha em mente o que você quer fazer e onde quer chegar, se for em Hollywood ótimo mas tente fazer aqui o que você quer fazer lá, assim o sonho fica mais próximo 🙂

Projeto Armaduras #CBLOL: Entrevista com Marcelo Pasqua | CaféCG

Projeto Armaduras #CBLOL: Entrevista com Marcelo Pasqua | CaféCG Projeto Armaduras #CBLOL: Entrevista com Marcelo Pasqua | CaféCG Projeto Armaduras #CBLOL: Entrevista com Marcelo Pasqua | CaféCG Projeto Armaduras #CBLOL: Entrevista com Marcelo Pasqua | CaféCG

CCG: Você gostaria de deixar uma mensagem para o nosso público?

Marcelo: Acho que muito do que eu tenho feito é porque acreditei um dia, e me lembro de um pouco de falta de foco quando comecei a mexer na impressora 3D, mas nunca parei de acreditar e foi com certeza eu criei essas oportunidades, então tenha em mente o que você quer fazer e onde quer chegar, se for em Hollywood ótimo mas tente fazer aqui o que você quer fazer lá, assim o sonho fica mais próximo 🙂

CCG: Marcelo, gostaríamos de agradece por essa entrevista. O seu trabalho ficou excelente, parabéns! Muito obrigado de verdade.

Marcelo Pasqua: Obrigado vocês, e pessoal qualquer duvida me perguntem pela página do Facebook Marcelo Pasqua! Valeuuuu!!!  

Acompanhe o Marcelo Pasqua:

marcelopasqua.com
http://lamatta.tv/
https://www.facebook.com/MarceloPasqua/

E você, o que achou da entrevista? Tem sugestões de para um próximo convidado? Deixe o seu comentário logo abaixo! 😉

Nota do Editor: Para quem tiver interesse de ingressar na área da impressão 3D, o Marcelo Pasqua dá aulas de impressão na ICS. #FicaDica 😀